segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Semifinais do permesso di soggiorno

Olá pessoal

Só gostaria de dizer que hoje passei pelo pior dia da minha vida nesse intercâmbio. Por quê? hahaha Porque fui lá na polícia federal para fazer dar entrada com as documentações para esse permesso di soggiorno, que é nada mais nada menos que uma permissão para você ficar aqui estudando ou trabalhando. Enfim, passei 5 horas (das 8 às 13h) de pura agonia dentro de uma sala com pessoas do mundo inteiro, sem ter para onde ir, sem ter o que comer e beber. Tudo para eles simplesmente passarem o olho nos documentos e tirar as suas digitais!
Sério! A vontade que me deu foi de pegar o primeiro avião e voltar para o Brasil!! Saudades de casa!! Dei até uma choradinha no caminho de volta para o dormitório porque não aguentei tanta coisa para cima de mim de uma vez só! Mas já estou melhorzinho... Consertei a roda da bicicleta e vou tentar depois o freio, que é um pouco mais complicado...
Esse post foi mais um desabafo para mim, porque a maioria das pessoas pensam que intercâmbio é só maravilha, mas passamos por muitas dificuldades... Espero viajar bastante para compensar toda esse sofrimento... hahahaha Beijo e saudades sempre!

domingo, 25 de outubro de 2009

Diferenças e curiosidades Brasil x Itália

Olá pessoal


Fiquei pensando um tempinho em que iria escrever, já que estou começando a entrar na rotina durante os dias de semana, (acordar cedo, ir para o estágio, voltar para casa, tomar banho, jantar e dormir). Mas aconteceram algumas coisinhas que eu gostaria de contar aqui no blog.
Primeiro que eu preciso consertar a minha bicicleta... voltando do mercado o freio rompeu, tive que andar super devagar para poder parar com os pés. E na hora de levantar a bicicleta para encaixá-la no descanso a roda de trás simplesmente desmontou! hahahahahahah OMG! Eu fiquei o fim de semana sem chegar perto dela com medo de ver o tamanho do estrago!
Ontem teve uma festinha grátis aqui na residência onde os estudantes colocaram um som, trouxeram bebidas e ficaram dançando que nem uns loucos aqui... parecia uma festinha de formatura misturada com festa junina! hahahahaaa Com direito a trenzinho, música tradicionais (YMCA, i will survive, umas polkas muito loucas, etc...).
Bem, essa festa rendeu boas risadas porque o pessoal daqui fazia um tipo de bizarro-dança (um círculo onde todos ficavam botando e tirando o pézinho de dentro dele... hahahahaah), uns ficavam pulandinho como se estivessem num pogo-bol do gugu, e outros ficavam em cima da mesa super se achando go-go boys... hahahahah
Bem, voltando a realidade, nesse post vou falar um pouco das diferenças, e algumas curiosidades, que observei entre o Brasil e Itália. É claro que algumas diferenças bem bem bem bem bem bem gritantes deixo para quem quiser conversar comigo quando voltar... hahahahaha Curiosos? hahaha
- Assim como no Brasil, o café é muito apreciado aqui também. Eles estão sempre tomando um cafézinho. Mas o estranho é que eles tomam um café de máquina que vem concentrado e super doce. Quando provei tive que forçar uma cara de aprovação na frente dos outros italianos... hahaha Mas não é tão ruim assim para quem gosta de café...
- As noites de sexta e sábado para nós, os italianos festejam na quarta-feira... (weird) hahahhaha Todas as quartas eles levam uma garrafa de vinho ou qualquer bebida barata para beber a noite com os amigos na praça.
- O trote da universidade acontece após que o aluno se forma. O formando tem que se vestir todo engraçado (meia-calça, chapeu de pirata, guirlanda natalina em volta do pescoço, etc...), subir num banco da praça, ler uns textos de um cartaz com a caricatura dele, passar por um corredor de tapas e ouvir a musiquinha de formatura: dottore, dottore del buco del culo... hahahahaha Não é difícil de entender o que cantam...
- Os programas de tv não são muito bons não... A maioria são aqueles de auditório, com prêmios e etc... Quem conhece a musiquinha do coccodrillo do Affari Tuoi? hahahahaha Saudades do Sílvio Santos! ahahahha
- Aqui o sal de cozinha não se vende em mercadinhos. Você só consegue achar em tabacarias (diz na placa Sali e tabacchi). A não ser que você vá a um hypermercado, como no Auchan aqui perto do dormitório.
- A tabacaria tem mil utilidades, você encontra de tudo lá... é como se fossem as banquinhas de Curitiba. Mas a grande diferença é que as tabacarias daqui vendem um selo que oficializa documentos (Marca da bollo)... Muito mais fácil que ir a um cartório! hahahaha Gruda esse selinho numa folha que você digitou mal e porcamente no word e ela vira documento oficial! hhahahah
- Quando uma mosca varejeira pousa em você significa que ou chegará uma notícia importante ou que o teu chefe vem te encher o saco...
- Aqui até vovó anda de bicicleta! Fiquei indignado com uma velhinha mandando ver ao lado de um ônibus numa rotatória! hahahahahaha Xtreme granny...
Para terminar consegui descobrir para a Mayara uma coisa que ela havia me pedido. Sim! Os italianos comem polenta também! hahahaahaha Perguntei para um italiano enquanto voltava de ônibus para Padova! Agora quero um presente hein May!!! uhahuauahhauauh
Ah! Espero poder encontrar mais coisas interessantes aqui para você curtirem! E semana que vem, se fizer tempo bom, irei viajar por aí e tirar umas fotinhos! Beijos e saudades sempre!

sábado, 17 de outubro de 2009

Un soggiorno a Venezia!

Olá pessoal!

Hoje com certeza foi um dia muito especial para mim aqui na Itália porque conheci Veneza! \o/
Para começar acordei umas 7h, tomei café, me arrumei e preparei a mala de farofeiro com tudo que tem direito (comida, garrafão d'água, máquina fotográfica, etc).
Enfim, chegando lá me deparei com um dia maravilhoso para fotos, apesar de fazer o frio invernal de Curitiba em pleno outono. Aqui vai a minha primeira impressão da cidade.

Realmente não é uma coisa que se vê todo o dia. O único problema da cidade é que tem muito turista... Ahhhh! Chega a ser insuportável até... ficar andando que nem pinguim para passar pelas ruas estreitas e enfrentar filas para entrar de graça nos monumentos... hahahahahahaha

O primeiro lugar que eu e os meus amigos brasileiros fomos foi a basílica de S. Marco, que fica bem no sul da ilha de S. Lucia. Na praça onde ela fica tem vários restaurantes com direito a pequenos concertos. O que ouvimos lá foi a primavera de Vivaldi para variar. Vai uma fotinho da igrejinha para vocês verem.


Depois de visitar a basílica, que não pude tirar nenhuma foto dentro, fomos ao Palazzo Ducale, onde ficava concentrado o poder monárquico Veneziano, ao lado da basílica. Mais fotos!!!

Esse palácio é padrão hein! Coisa de primeira... valeu os 7,50 euros que gastei para entrar, pois nele pude ver as salas gigantescas onde ocorriam as reuniões de senado, vi muitas pinturas datadas de 1500 mais ou menos, prisões, salas de tortura, armas da época e esculturas. Deixo umas fotos que consegui tirar de dentro do palácio.

Depois fomos a Gallerie dell'accademia di Venezia, onde vi mais pinturas cristãs (o que já estou cansado de ver), relicários como a ferpa da cruz de Cristo, e por muita sorte vi o croqui original do homem virtruviano de Da Vinci, que os meus amigos conseguiram tirar uma foto escondida, depois eu passo... hahahaha

Para terminar eu vou colocar uma foto minha, a pedido da minha amiga Mayara, para provar que eu estou passando por isso, porque muito bem eu poderia falar um monte de abobrinha e colocar fotos que achei no google! hahahah



Beijo e saudades sempre!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Estudos e viagens

Olá pessoal

Hoje acordei cedo de novo e com o meu bilhete de abonamento mensal peguei o ônibus para a Legnaro, onde fica o departamento de biotecnologia agrária. No meio do caminho pensei: será que poderia pegar esse ônibus de graça? Porque acho difícil os fiscais verificarem um ônibus com um bando de estudantes... e não deu outra, pois três pontos a seguir subiram dois fiscais vendo os bilhetes dos estudantes. Ufa! Acho que não é uma boa ideia fazer isso aqui... Tudo aqui parece tão fácil de se burlar, mas só parece, pois até nos caixas do mercado, onde você é quem passa os produtos pelo leitor de código de barras, tem alguém para vigiar tudo o que você coloca em cima do balcãozinho. Doce ilusão... uhahuauhahahuauhhu
Voltando para Legnaro, (após um momento de abstração) esperei pelo diretor do departamento, que ainda não tinha chego, e então encontrei um rapaz, que faz pós-doutorado na universidade sobre substâncias alergênicas resistentes a tratamentos no vinho, que também aguardava por ele.
E assim que o diretor chegou nós entramos na sua sala, e em seguida chegaram várias pessoas, que começaram a discutir sobre esse mesmo tema. Logo vi que era um grupo de pesquisa chefiado pelo professor.
E por sorte de a língua italiana ter muitos termos similares a portuguesa, consegui entender boa parte da conversa, pois os termos técnicos também são bem parecidos! hahahahahahaa E sempre que o professor me olhava perguntava se eu estava entendendo tudo. Então dizia de boca cheia: Si! Io capisco!
Após a conversa ganhei um café do diretor, e então discutimos sobre os nossos interesses. Depois dessa longa conversa consegui um estágio de pesquisa aqui para verificar substâncias alergênicas no figo! hahahahaa Estou super contente porque finalmente farei algo de útil aqui além de só ficar gastando euros e euros.
Bem, finalizando (porque já escrevi muto e vocês já devem estar de saco cheio... hahahaha) comprei uma bicicleta por 25 euros barganhando (uma proeza para mim!) e comprei bilhetes de trem da classe hyper poor para Veneza e gastei somente 2,90 euros, mas deixarei para ir semana que vem pois a metereologia diz que o tempo não está propício. Mesmo assim essa viagem promote várias fotinhos! Aguardem!
Como gosto de deixar sempre uma coisinha para vocês verem, tirei uma fotinho de um coelho... hahahahhaha, pois ainda não tirei foto da bicicleta. Foi o mais próximo que eu consegui, pois eles correm de nós e são super rapidinhos! hahahahaha
Por hoje foi só isso! Abraços e saudades sempre!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Desapontamento e esperança

Olá pessoal

As coisas ainda não estão do jeito que eu quero aqui em Padova, pois coordenadores da universidade não sabem muito bem como lidar com um caso atípico como o meu (para variar o anormal!! hahaha).
Acordei bem cedo para uma longa caminhada, que durou 45 min, para chegar a estação e comprar dois bilhetes para a Agripolis, onde fica o departamento de biotecnologia agrária. Chegando lá encontrei o diretor, expliquei a minha situação, ele me falou dos ramos de pesquisa que eles trabalham, todos muito interessantes, e então ele me levou para visitar os laboratórios. Eles possuem uma ótima infra-estrutura lá, pois até tem o bendito HPLC, que faz análises cromatográficas num piscar de olhos! hahaha Wonderful!
Mas parece-me que eles não sabiam muito bem o que fazer comigo, porque pelo o que entendi de toda a conversa eles acharam que eu não passaria tempo suficiente aqui para fazer um trabalho científico ou que talvez o que eles têm para me oferecer não pudesse ser equivalente para pegar equivalência no estágio da PUC.
Só sei que recebi um e-mail resposta do meu professor da puc me dizendo que devo fazer parte de um grupo de pesquisa ou ter um tema de trabalho, caso contrário não será válido para a puc. Quindi... que venham os e-mails! hahahahahaa Eu vou começar a mandar-los para receber propostas dos temas e só assim conseguirei garantir o meu lugarzinho na universidade.
Bem amanhã irei comprar uma bicicleta porque não dá mais para andar a pé ou ficar gastando com ônibus! Tenho que conter gastos se eu quiser viajar pela Europa depois de tudo isso né...?
De brinde tirei umas fotinhos para vocês curtirem um pouco da fotografia que a viagem até a Agripolis oferece e também uma do campus.

Um grande abraço a todos e saudades sempre!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Inquilino e teste

Olá pessoal
Hoje foi um dia bem tranquilo na verdade, apesar dos pequenos sustos, por isso não escreverei muito para o alívio geral da nação... hahahaha
De manhã acordei com uma ligação-teste do celular do Matheus, um amigo brasileiro que em breve virá para o alojamento onde estou, e depois de perder o sono fiz o café da manhã. Entre o horário do café e do almoço levei outro susto com a campainha italiana, que me fez pular da poltrona do computador.
Quando abri a porta vi a síndica do alojamento me falando: Credo che tu hai un compagno di stanza adesso... E então entrou o Kos (apelido dele, pois o nome dele é Kostantyne ou algo parecido), um ucrâniano que mora na grécia que provavelmente tem quase 2 metros de altura... hahahahaha Nem levei outro susto... Para quem está acostumado com a estatura hobbit de ser... Quem sabe consiga depois uma foto dele para vocês verem, ainda não cheguei num nível de amizade para tal.
Mas depois de fazer o meu almoço fui para o Centro Linguistico d'Ateneo para a prova de italiano. Foi uma prova bem interessante por sinal, pois foi no computador, o que deu para treinar e testar bastante o meu italiano.
Ahh! Umas das questões me deu vontade de rir porque tinha que descrever em italiano e depois inventar uma história sobre um vídeo que eles passaram (minha família inteira conhece esse vídeo... hahahaha). Segue:


video

Bem, como é muito bom mostrar fotinhos, seguem umas fotinhos do meu quarto, banheiro e vista da minha janela (pena que não estava passando o trem na hora que a tirei).

Bem, por hoje foi só o que me aconteceu! Espero não ter escrito muito para não cansar-vos! ahahahahah Parece que quando estamos em contato com outra língua temos medo de esquecer a de origem. É a impressão que eu tenho pelo menos.

Abbracci e alla prossima volta!