segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Milão

Olá pessoal

No meio de tanta coisa para fazer consegui arranjar um tempinho esse fim de semana para ir a Milão numa missão coordenada pela minha mãe. Em outras palavras, fui lá para ver e tirar fotos do Teatro Alla Scala, onde meu bisavô cantava na época de ópera.
Após três horas de trem regional, que foram um pouco cansativas, enfim me deparei com o que realmente é Milão. É realmente uma cidade grande, com muita coisa para ver, mas ninguém sabe te explicar o que procurar por lá. Então fui pelo centro da cidade onde que tem os pontos mais importantes de lá como o Duomo (aquele que foi jogado na cara do Berlusconi), a grande galeria, o Teatro Alla Scala e o castelo de Milão.


Uma coisa curiosa que tem na galeria de milão é o buraco da sorte. É um brasão de touro que no lugar do 5º membro tem um buraco onde todos que passam por alí giram sob seus calcanhares (3 vezes) para trazer sorte.

Eu, como gosto de superstições, não deixei de fazer e ainda por cima gravei mais esse mico... hahahha Vejam aí (não reparem que o vídeo está de lado. Acho que não tem como arrumar isso...).

video

Engraçado que nesse dia em especial por onde eu passava encontrava casais chineses e suas limusines em fotos bizarras pela cidade, como essa que eu tirei na praça em frente ao Duomo.


Confesso que fiquei com nojo da cena e também com peninha dos noivos porque todos alí tavam meio que tirando sarro da esquisitisse. Mas fazer o que? Não é todo mundo que casa em Milão, certo? hahaha

Para terminar, tirei uma foto com a Madame Buterfly dentro do castelo. Tentei fazer uma cara de choro para dar um ar dramático na foto mas acho que não consegui... vocês sabem que eu só dou risada né?? hahaha

Até o próximo post! Beijos e saudades sempre!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Aprés midi a Paris!

Olá pessoal

Para começo de conversa não tenho como contar tudo o que me aconteceu nesses surpreendentes 15 dias que passei em Paris, mas farei um breve resumo de tudo que fiz lá.
Paris é bem menor que Curitiba, mas tem muito mais coisas para ver do que na minha cidade natal, ou seja, fiquei pouquíssimo tempo para ver tudo o que eu queria.
Os primeiros 5 dias fiquei praticamente como andarilho junto com o Rafa andando pela cidade e conhecendo os lugares próximos ao estúdio dele que fica na praça da Bastilha. Olhem a vista que ele tem da janela!

Passei pelas margens do rio Sena e vi o Hôtel de Sully, o Hôtel de Ville, o Museu do Louvre por fora, o Jardin des Tuileries a Champs Elysées e a roda gigante que colocaram no final da avenida, a Place de la Concorde, o arco do triunfo e óbvio que parei para tirar umas fotinhos da Tour Eiffel.


Ah! E para eu que sou um fã do filme "O fabuloso destino de Amélie Poulain" não pude deixar de visitar os lugares do filme como o Sacre Coeur, o canal Saint Martin, o Les Deux Moulin e a Gare du Nord.

A foto do Les Deux Moulin e o vídeo de eu e o Gui (amigo brasileiro que conhecemos em Paris) quebrando a casquinha do Creme Brulée (que por sinal é bom!) estão com ele. Por isso não tenho como colocar no blog. Quem sabe depois! Farei um tópico especial para a sobremesa! hahahaha
Gastei um dia inteiro para visitar o Château de Versailles. Fui de metrô para lá, então tive que pegar a linha RER (metropolitano), que é muito confusa pois são metrôs da mesma linha que têm destinações diferentes. E eu, para variar, quase que pego o trem errado e quase que vou para o Château de pqp! Sorte minha que bateu a intuição, saí do trem e fui pedir informação! hahaha Nada melhor né?

Lá no Château conheci 3 japonesas muito engraçadinhas, que logo fiz amizade com elas. As três moram e trabalham e Tóquio e estavam em Paris para passar o fim de ano, ou seja, catástrofe total porque todo mundo pensa que é uma maravilha o Reveillon aqui. Mas realmente é uma coisa de espantar! Muito tumúltuo, muito turista, muito pobre, muitos furtos e assim vai! hahahaha Mas foi divertido!


Depois do ano novo uma das visitas que mais me supreenderam foram as catacumbas de Paris! Um caminho subterrâneo onde se encontram ossadas de 8 milhões de pessoas! Meu amigo leu que Robespierre da Revolução francesa está lá... mas ninguém sabe onde né?? hahahaah Vejam as fotos!



Só sei que a viagem de volta quase me fez chorar e me deu vontade de ficar lá porque realmente foram dias que estão me fazendo falta desde já!
Beijos e saudades sempre!